A iluminação inspiradora de Ingo Maurer

Adrimar Construtora 6 de novembro de 2019
0 pessoas gostaram desse post

No último dia 21 de outubro, o mundo perdeu um dos grandes gênios da iluminação, o designer alemão Ingo Maurer. Também conhecido como o poeta da luz, apelido que surgiu como uma homenagem às suas luminárias que eram grandes instalações artísticas, Ingo marcou seu nome na história por se especializar no design de excêntricas lâmpadas e instalações de iluminação, sendo um dos lighting designers mais influentes do mundo desde dos anos 60.

Início de carreira

Ingo Maurer nasceu em 1932, na ilha de Reichenau, Lago da Constança, região que é fronteira entre Áustria, Suíça e Alemanha. Filho de um inventor, Maurer curiosamente começou a sua carreira na tipografia, mas acabou se matriculando em um curso de design gráfico aos 22 anos.

Em 1960 fundou a sua primeira empresa de design, a Design M, que se na época se tratava apenas uma pequena oficina, hoje é uma empresa internacional, conhecida como Ingo Maurer GmbH, que possui um legado no setor de iluminação. Depois disso, Ingo não parou mais, e seu talento era tão grande, que seu nome já se tornava conhecido em sua primeira criação, intitulada “Bulb”. Basicamente uma lâmpada dentro de outra lâmpada, “Bulb” foi um projeto de candeeiro de mesa que era uma verdadeira inovação tecnológica para a época, e que tinha a intenção de expressar a beleza contemporânea de uma luz capaz de promover o despertar de sentimentos e memórias.

Segundo o próprio, em uma entrevista de 2007 ao New York Times, seu encantamento com as lâmpadas de luz veio diretamente aos passeios que realizava com seu pai no lago de Constança. “Observava como a água refletia a luz e, muito mais tarde, traduzi isso para o meu trabalho”, contou o gênio.

Obras conceituadas

A clara diferença de Maurer para os demais profissionais se deve ao fato de que a “pulga” de provocar e questionar por meio da arte, o picou e nunca mais saiu de seu corpo. Sempre foi muito claro que seu objetivo era desenvolver peças que rompiam com a monotonia que víamos no mercado de iluminação, misturando o rústico, o tecnológico e a arte, em uma série de esculturas luminosas que tinham o propósito de causar surpresas e despertar emoções únicas, sempre fazendo com que os olhos de seu público viajassem além do obvio!

Suas peças não só se diferenciavam pela sua genialidade em inovar e cutucar o público, mas também por sempre criar algo que contava uma história em particular. Além disso, também desenvolveu peças de uma maneira que valorizavam todo o espaço, onde a iluminação entrava em sintonia com o ambiente a sua volta. Entre suas maiores obras, podemos citar a “Little Black Nothing”, “Porca Miseria!”, “Zettel’z” e “Lucellino”.

 

 

Igno Maurer e o Brasil

Respeitado no mundo todo, Ingo Maurer tinha uma relação muito próxima com o Brasil, onde é representado há mais de dez anos pela FAS Iluminação – Um espaço que vai além do ser apenas uma revenda de produtos e projetos de iluminação, atuando como disseminadora dos conceitos de design e tecnologia de vanguarda que algumas grandes marcas carregam.

Inclusive, há 3 anos atrás, em 2016, Igno Maurer veio lançar o Estúdio Brasil Ingo Maurer que, até hoje, se trata do único endereço da América Latina que é possuidora de seu acervo completo, que incluem peças produzidas exclusivamente para o projeto.

Ingo Maurer, que faleceu aos 87 anos na cidade de Munique, na Alemanha, ainda não teve a causa de sua morte revelada. Mas, com toda certeza, não se trata do seu fim, pois certamente o seu legado será eterno!

  • 0
  • 282
Adrimar Construtora

A Adrimar está presente há de 30 anos no Litoral Sul de São Paulo. Suas realizações e diferenciais fazem com que seja reconhecida e consolidada por seus empreendimentos e serviços de alto padrão.