Conceito aberto – A tendência de integração de ambientes

Adrimar Construtora 21 de junho de 2017
6 pessoas gostaram desse post

Com a valorização imobiliária dos grandes centros e a necessidade de reduzir a metragem dos imóveis como forma de viabilizar as moradias, as plantas tiveram que se adaptar a um aproveitamento sustentável do espaço para atender os desejos e necessidades das habitações modernas.

O modo de vida de quem mora passou a ser mais dinâmico e acelerado. Com a escassez de tempo, as pessoas desejam aproveitar ao máximo os momentos em que podem desfrutar da privacidade e conforto do seu lar, realizando seus afazeres, se entretendo e descansando, na companhia de sua família e seus amigos.

Neste contexto, fica fácil entender porque atualmente, a grande tendência na arquitetura é, sem dúvida, a integração entre os ambientes – o chamado conceito aberto.

Mas a integração de ambientes vai além de derrubar paredes, exigindo planejamento e harmonia. E além das soluções mais utilizadas, como a união entre salas e cozinhas ou cozinhas e áreas de serviço, há outras possibilidades para a criação de um novo e mais amplo espaço a partir da união entre diferentes partes do imóvel.

No bIog Tua Casa, a arquiteta Maria Olívia Simões, graduada pela UNESP de Bauru, dá dicas de como integrar diferentes ambientes, tomando os cuidados necessários para cada especificidade, e tira dúvidas sobre a conjugação de cômodos. Com atenção às peculiaridades de cada cômodo, Maria Olívia indica os maiores cuidados necessários.

Sala com Cozinha
Sala e cozinha estão entre as combinações mais comuns nos projetos de integração de ambientes. A ausência de paredes aliada ao uso de uma ilha como base para o cooktop, ou a utilização de meia parede com um tampo de granito ou madeira (materiais mais utilizados), com bancos altos, fazendo a função de bancada de apoio para refeições mais informais e cotidianas são a opção ideal para quem gosta da companhia da família e amigos enquanto prepara as refeições. A sala de jantar, quando a metragem permite, forma o trio perfeito na integração da área social das residências. Vale ressaltar que este tipo de conjugação não fica restrito a metragens reduzidas, causando efeitos surpreendentes também em espaços mais amplos.

Sala com Escritório
Sala e escritório integrados necessitam de um cuidados especiais, já que o ambiente de escritório requer na maioria das vezes mais privacidade e isolamento. Em imóveis com poucos moradores, ou onde apenas quem utiliza esta funcionalidade passa mais tempo, este problema é mínimo. Mas para residências onde há mais circulação de pessoas, uma boa dica é utilizar uma porta retrátil feita em marcenaria, que pode ser fechada e funciona como um bonito painel para a sala e, quando aberta, torna o ambiente único.

Quarto com Escritório
A idéia de desfrutar o máximo de sua privacidade e poder relaxar a mente e o corpo enquanto realiza as atividades mais individuais, torna a união de cômodos na área íntima um desejo de muitos moradores modernos.
O escritório conjugado ao quarto, por exemplo, é uma boa aplicação para o sonhado home office. Nesse caso, o uso da marcenaria é uma ótima dica para a criação de painéis, estantes e aproveitamentos mais diversos, seja para formar um fechamento parcial entre os dois ambientes, criando maior privacidade para o escritório sem deixá-lo segregado do quarto, ou simplesmente para delimitar a utilização dos espaços distintos trazendo mais conforto ao ambiente.

Quarto com Closet e Banheiro
Parte da parede em vidro, integrando visualmente os ambientes através da transparência, marcenaria planejada formando divisórias, aproveitamento de halls e corredores nos cômodos são algumas das possibilidades para criar setorização e manter certa privacidade em cada ambiente do espaço unificado.  É importante que essa integração seja parcial para manter o mínimo de privacidade necessário ao conforto dos moradores.

Hoje, em apartamentos com metragem reduzida e localização privilegiada, que atendem a pessoas solteiras ou sem filhos, o conceito aberto é levado à máxima capacidade. Em nome da sensação de amplitude do espaço são poupadas o mínimo de paredes, apenas nos ambientes que exigem mais privacidade, como o banheiro. Divisórias e outros recursos de marcenaria e decoração são utilizados para delimitar sutilmente os ambientes trazendo a privacidade necessária a cada utilização. Espelhos também agregam com sucesso os efeitos de multiplicação de luz e espaço.

Cozinha com Área de Serviço ou Lavanderia
A forma mais utilizada de se integrar estes 2 espaços atualmente é o uso da marcenaria planejada com o objetivo de unificar visualmente os ambientes. Uma aplicação alternativa, mas bastante harmoniosa pode ser feita com o uso de elementos vazados, como o cobogó, que é decorativo e muito funcional para a ventilação. Há uma vasta gama de possibilidades e variedades de materiais de construção vazados no mercado atualmente.

Apesar de proporcionar uma aparência moderna às residências, o estilo integrado também traz desvantagens. A arquiteta Maria Olívia destaca aspectos que devem ser levados em conta antes que se opte pela integração de ambientes. Abaixo, confira os prós e contras da conjugação de cômodos:

Vantagens
• Aumento do espaço;
• Maior área de circulação para moradores e visitantes;
• Ambientes mais arejados;
• Otimização dos espaços.

Desvantagens
• Diminuição da privacidade;
• Pouco isolamento visual;
• Falta de isolamento acústico.

Portanto, é importante que qualquer intervenção estrutural necessária para promover a integração de cômodos residenciais seja realizada com muito planejamento e segundo as orientações de um (a) profissional, que avaliará se a troca de materiais ou mesmo a quebra de paredes não trará riscos à construção. A criatividade e ousadia na hora de escolher os elementos de integração e decoração também são peças essenciais para obter ambientes harmoniosos e funcionais. Levando-se em conta todas estas questões e tomando os cuidados necessários, é possível aproveitar o melhor que os ambientes integrados podem oferecer à sua casa.

  • 0
  • 4604
Adrimar Construtora

A Adrimar está presente há de 30 anos no Litoral Sul de São Paulo. Suas realizações e diferenciais fazem com que seja reconhecida e consolidada por seus empreendimentos e serviços de alto padrão.