O poder da iluminação – como a luz interfere no comportamento humano

Adrimar Construtora 24 de abril de 2021
0 pessoas gostaram desse post

Ao iniciarmos uma reforma em nossa casa, é comum darmos prioridade para a escolha de móveis, revestimentos, cores e objetos decorativos para compor o ambiente. Mas, você sabia que deixar o espaço bem iluminado é um dos pontos mais importantes em um projeto de interiores?

A iluminação do espaço não só interfere diretamente no seu bem-estar como na sua atividade neurocomportamental. Os estudos na área comprovam que a luz aumenta a agilidade e o desempenho, tanto de dia quanto de noite e influencia as funções regionais do cérebro.

Fazemos a percepção do espaço através da luz. O que quer ser mostrado, escondido, destacado; o local que terá um uso de descanso, recreativo, laboral ou de contemplação. Todas essas atmosferas cênicas são projetadas especialmente para que as atividades sejam desenvolvidas da maneira mais completa e saudável, utilizando-se assim das diferentes intensidades, temperaturas de cor, focos, fachos, efeitos e cores.

Em 1931 a Comissão Internacional da Iluminação – CIE iniciou alguns estudos para tentar determinar a tonalidade de cor emitida pelas lâmpadas, e a partir disso, surgiu a denominação temperatura de cor.

No experimento realizado foi utilizado um corpo de metal, que foi aquecido gradualmente até começar a emitir luz. Durante o experimento notou-se que conforme a temperatura do metal aumentava a luz emitida pelo corpo metálico mudava de cor, variando entre o lilás até o azul. A partir de então foi criada a tabela de temperaturas de cor, que variava de 2000k a 6000k.

A luz tem uma variação que vai do vermelho até o azul, e o que determina essa mudança é a temperatura de cor, medida em Kelvins. Quanto mais alta a temperatura da cor, mais branca é a cor da luz emitida.

Podemos dividir essas temperaturas em 3 categorias:
Branca morna ≤ 3.499K
Branca neutra entre 3.500K e 4.999K
Branca fria ≥ 5.000K

A Branca morna é uma temperatura igual ou inferior à 3.499K e proporciona ao ambiente sensações de relaxamento, tornando-o mais propício para o descanso. É indicado para áreas sociais e dormitórios.

A Branca neutra abrange a faixa de 3.500K a 4.999K. Essa iluminação é mais utilizada em ambientes maiores como shoppings, salas de reuniões, salas com pé direito alto, escritórios, etc…

Já a Branca fria tem uma temperatura igual ou superior à 5.000K, denominada também como luz do dia. Esse tipo de luz é mais usado em ambientes onde são realizados trabalhos manuais, pois proporcionam estado de atenção para realizarmos as nossas atividades. Isso aumenta o nosso desempenho, nos deixando mais atentos e dispostos. Portanto, é indicado para áreas de serviço, cozinha e sala de estudos.

Perceba que o efeito das cores na iluminação tem a capacidade de interferir diretamente nas atividades do nosso cotidiano e é um fator determinante para nossa atenção e no modo de visualizar os objetos e interpretar as cores em diferentes horários.

Atualmente, arquitetos e urbanistas buscam estabelecer parâmetros no que se refere às relações de integração do ambiente com a iluminação, associando-as a saúde e bem-estar dos usuários. Os projetos de arquitetura estão cada vez mais atentos a essa nova tendência criando ambientes muito mais harmônicos e bem iluminados

  • 0
  • 126
Adrimar Construtora

A Adrimar está presente há de 30 anos no Litoral Sul de São Paulo. Suas realizações e diferenciais fazem com que seja reconhecida e consolidada por seus empreendimentos e serviços de alto padrão.